Notícias

PRUMO RECEBE SELO PRÓ-ÉTICA

Kantz_BSB

Reconhecimento atesta integridade e transparência no setor privado

A Prumo recebeu nesta terça-feira (07/12) o selo Pró-Ética da Controladoria-Geral da União (CGU), entregue a instituições que adotam as melhores práticas, baseadas na Lei Anticorrupção para detectar e interromper atos ilícitos, como fraudes e corrupção.

“O Pró-Ética resulta da conjugação de esforços entre os setores público e privado para promover no país um ambiente corporativo mais íntegro, ético e transparente. Estamos muito felizes por mais esse reconhecimento que materializa o nosso compromisso inegociável com a ética e a integridade na Prumo”, disse Eduardo Kantz, Diretor Institucional e ESG da Prumo, que recebeu o prêmio em Brasília.

“Realizamos ações concretas de revisão e aprimoramento de processos, conscientização e acompanhamento, sempre visando as melhores práticas de compliance para fomentar uma cultura de ética e integridade em toda a organização. Esse reconhecimento é motivo de orgulho para nós”, completou Fernanda Cunha, Coordenadora de Compliance da Prumo, também presente na cerimônia de entrega.

Os documentos apresentados pelas empresas interessadas em competir foram analisados pelos auditores da CGU. Neste ano, 67 instituições receberam o certificado, sendo que 246 foram inscritas.

A Empresa Pró-Ética é fruto da união da CGU ao Instituto Ethos com colaboração de outras oito instituições. A premiação é um reconhecimento público de que essas empresas adotam ações para prevenir irregularidades.

Prumo recebe também ISO 37001

A Prumo comemora também o certificado ISO 37001, recebido após ampla auditoria e sem ressalvas do Sistema de Gestão Antissuborno. A certificação assegura confiabilidade para o Grupo frente a parceiros de negócios e ao mercado em geral, reforçando ainda mais a cultura de integridade e transparência da holding e suas afiliadas.

A norma foi designada para ajudar uma organização a implementar e manter um sistema proativo anticorrupção. Com isso, a Prumo entra para o seleto time de empresas brasileiras que adotam um padrão internacional de melhores práticas de compliance e antissuborno.

O certificado possui validade de três anos, mas a auditoria é realizada anualmente. No Brasil, quem reconhece essa certificação é o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (INMETRO).